preço da reforma comercial

O barato pode sair caro – 4 pontos que devem ter mais importância que o preço da reforma comercial

preço da reforma comercial

Fazer uma reforma no seu empreendimento pode ser tanto necessário para o bom funcionamento quanto para melhorar o desempenho, inclusive de valorização. Seja como for, é indispensável escolher uma boa empresa.

Porém, quando o preço da reforma comercial é o fator mais importante para a tomada de decisão, aumentam as chances de erro. Ao final, seu estabelecimento poderá ter que pagar muito mais devido a um serviço que não foi prestado da maneira que deveria.

Para evitar essas ocorrências, veja a seguir quais são 4 pontos que merecem maior atenção do que o valor final para a obra.

1. A capacidade técnica da empresa é mais importante do que o preço da reforma comercial

Mais do que o valor que será cobrado, é fundamental se atentar à questão da capacidade técnica. Esse elemento aponta se o negócio é capaz de realizar todas as transformações no imóvel conforme o desejado e seguindo características específicas.

Se o seu negócio deseja um piso elevado para melhorar a estruturação de cabeamento, por exemplo, é necessário que a contratada tenha conhecimento e profissionais capacitados para aplicar essa técnica.

Nesse momento, é importante analisar os serviços prestados pela empresa, os profissionais envolvidos na questão e as técnicas utilizadas, de modo que os objetivos definidos sejam atingidos.

Não deixe ainda de conferir registros técnicos, como junto ao CREA, CAU e a órgãos responsáveis que emitem certidões de capacidade nesse sentido.

2. A experiência dos profissionais influencia diretamente nos resultados obtidos

Também vale a pena olhar para a experiência que a empresa possui na realização de projetos do tipo. Não adianta focar em um negócio que oferece um excelente preço da reforma comercial, mas que nunca remodelou uma sala com as mesmas características que a sua, por exemplo.

Dê preferência, portanto, para quem já atua no mercado há algum tempo e, principalmente, tem um bom portfólio de obras finalizadas. Se for o caso, peça a referência de clientes passados e pergunte diretamente a essas pessoas qual foi a experiência com todo o serviço.

Essa análise oferecerá um bom indicador quanto à execução, de modo que a sua decisão seja acertada.

3. As garantias em diversos âmbitos trazem total segurança para o projeto

Por mais que tudo seja feito da maneira correta, imprevistos acontecem e o seu imóvel precisa estar devidamente protegido. Assim, não deixe de considerar quais são as garantias de realização do projeto.

Veja, por exemplo, se a empresa possui boa saúde financeira, já que isso traz garantias caso seja necessário fazer reparos ou retrabalhos. Também dê atenção para garantias como a regularidade fiscal — para a emissão de notas fiscais, por exemplo — e o seguro de responsabilidade civil, para que você fique isento de possíveis danos e questões relacionadas.

Não se esqueça de que é indispensável verificar se a responsável pela reforma cumpre com as obrigações trabalhistas já que, dependendo do caso, o seu empreendimento pode ser considerado corresponsável por acidentes ou ações do trabalho.

4. O tempo previsto para conclusão da obra também é um fator relevante

Embora o preço da reforma comercial seja importante, outro elemento que gera impactos semelhantes é o tempo necessário para a conclusão. O motivo é simples: quanto mais a obra demorar, mais intensa é a perda de produtividade e, portanto, de dinheiro.

Sendo assim, é indispensável verificar junto ao empreendimento qual é o tempo que ela propõe para a conclusão de obras. Quanto mais tecnologia ela empregar e quanto mais estruturada for a equipe, menor é o prazo e, com isso, maior é a economia.

Indo além do preço da reforma comercial, você poderá escolher uma empresa de qualidade para assumir o projeto. Por isso, leve em consideração esses pontos antes mesmo de considerar o valor se quiser aumentar a segurança e as garantias quanto ao projeto!

Conte nos comentários qual é o quesito mais importante depois do preço e participe do debate!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *