O que é Piso Elevado

Se você chegou até esse artigo está interessado em entender um pouco mais sobre o que é piso elevado. Que, explicando de forma genérica, trata-se de um sistema utilizado para elevar pisos internos e externos deixando um vão entre o contrapiso e o piso acabado, que possibilita a passagem de cabeamentos para infraestruturas, como elétrica, redes, ar condicionado, hidráulica entre outros.

O que é piso elevado

O que é Piso Elevado em Ardósia?

Normalmente o piso elevado é composto por placas modulares encaixadas por pedestais metálicos e há alguns tipos que são bastante utilizados no mercado, principalmente para reformas de salas comerciais, como por exemplo o piso elevado em Ardósia. Esse nada mais é do que uma placa da rocha metamórfica ardósia nas dimensões usuais de 60cm x 60cm x 2 ou 2,5cm, também apoiados por pedestais metálicos ou de polipropileno. Há vários outros materiais que podem ser utilizados para as placas, como aço, concreto celular moldado, porcelanato, revestido com fórmica, etc.

O que é piso elevado em ardósia

Uma das grandes vantagens de se utilizar esse sistema é que as placas são removíveis, possibilitando mudanças futuras no layout dos ambientes e facilidade de manutenção das infraestruturas executadas no vão entre o contrapiso e o piso acabado.

Ainda com Dúvidas sobre o que é piso elevado?

Entre em contato com a Alves Andrade Construtora que nossos vendedores vão passar todas as informações relevantes sobre o que é piso elevado para você identificar a sua aplicabilidade no seu projeto ou reforma. Afinal foram mais 100 reformas comerciais utilizando esse sistema com muito exito.

Aprenda mais sobre o que é piso elevado nesse artigo: Como Funciona o Piso Elevado

Manutenção de Piso Elevado

Quando falamos em Manutenção de Piso Elevado a primeira pergunta que temos que fazer é quais são as recomendações que o próprio fabricante do piso orienta antes, durante e após a sua instalação. Nesse artigo você irá descobrir quais são essas orientações para praticamente todos os tipos de pisos elevados.

manutenção de piso elevado

Manutenção de Piso Elevado: Antes da Instalação

Não adianta falar em manutenção do piso sendo que antes mesmo de instalar já são cometidos erros que poderão prejudicar a durabilidade do piso no futuro. Por esse motivo é importante seguir as providências abaixo com atenção:

  • Manter o piso elevado armazenado em local livre e desimpedido, a fim de evitar que outros materiais ou equipamentos “batam” no piso e danifiquem os seus cantos;
  • Manter o piso apoiado sobre uma base nivelada e não diretamente em contato com o solo;
  • Proteger o piso com uma lona plástica, caso outros serviços sejam realizados onde o piso esta armazenado, como forro de gesso plaquinha, que gera muita “sujeira” ou pintura, que gera respingos. Ambos, em função da porosidade de alguns tipos de pisos elevados, podem não sair com a limpeza e prejudicar a manutenção do piso elevado.

Manutenção de Piso Elevado: Durante a Instalação

Durante a instalação do piso elevado os cuidados devem ser ainda maiores, confira abaixo:

  • Posicionar a maioria dos pedestais e só então iniciar a colocação das placas, dessa forma evita ficar manipulando muito as placas para ficar ajustando pedestais;
  • Ficar atento aos cantos das placas para que não lasquem muito;
  • Garantir o nivelamento das placas, para que não fiquem com rangido ou com excesso de carga em um dos pedestais (Esse deve ser observado com bastante atenção, pois impacta e muito na manutenção do piso elevado);
  • Nos encontros do piso elevado com as paredes, onde haverá recortes de piso, é importante adequar os pedestais para que não fiquem sobrecarregados;
  • Caso sejam feitos cortes nos pisos, para colocação, por exemplo, de caixas de elétrica, é importante que a posição desses cortes sejam próximas ao centro da placa, pois quanto mais próximo o corte estiver dos pedestais de apoio da placa, menor será sua resistência e maior será sua manutenção.

Manutenção de Piso Elevado: Após a Instalação

Após a instalação é essencial que alguns cuidados sejam tomados pelos seus utilizadores, para sua perfeita durabilidade e manutenção.

  • Atentar a carga máxima que o piso elevado suporta, não transportando máquinas ou equipamentos que fiquem sobrecarregando o piso. Por exemplo, o piso elevado em ardósia suporta uma carga concentrada de 350kg e uma carga distribuída de 1000kg/m². Colocar um peso maior que esse pode não significar, inicialmente, um rompimento da placa de piso, porém irá sobrecarregar os pedestais até chegar ao rompimento;
  • Quando for necessário remover alguma placa de piso para uma possível manutenção elétrica é essencial a utilização de “ventosas” para içar a placa, senão é provável que os cantos sejam danificados, ao se utilizar uma chave de fenda, por exemplo;
  • Para fazer a limpeza do piso é indicado verificar quais os produtos que o fabricante recomenda, pois há tipos diferentes de pisos elevados que exigem cuidados diferentes na limpeza.

Ainda com Dúvidas sobre manutenção de piso elevado?

Não deixe de entrar em contato com a Alves Andrade Construtora para garantir a execução do seu piso elevado, seguindo todos os cuidados descritos acima e a perfeita manutenção do seu piso elevado.

Além disso, confira um outro artigo sobre pisos elevados para elevar seus conhecimentos: Tipos de Pisos Elevados

Aplicações para Piso Elevado

Esse artigo tem a finalidade de demonstrar algumas das principais aplicações para Piso Elevado, em áreas internas e externas.

Aplicações para Piso Elevado

Aplicações para Piso Elevado em Áreas Internas

  • Reformas de Salas Comerciais em Edifícios Corporativos: o piso elevado é muito utilizado nesses casos, pois as construtoras entregam as salas comerciais com um desnível de até 15cm de altura, proporcionando flexibilidade para o usuário da sala distribuir todas as infraestruturas para a sala da melhor forma possível.

 

  • Reformas de Lajes Comerciais: para lajes corporativas o piso elevado é ainda mais indicado, pois as mudanças de layout nesse tipo de ambiente é muito comum.

 

  • Elevação de CPD’s: essa é uma aplicação do piso elevado extremamente utilizada, isso porque CPD’s apresentam uma grande quantidade de cabos que chegam até eles e que precisam ser protegidos e periodicamente manipulados.

 

  • Lojas e Escritórios Comerciais: escritórios de bancos utilizam bastante o piso elevado, por estarem em constante mudança de layout.

 

  • Reformas em Residencias: o piso elevado é pouco utilizado em reformas residenciais, porém é aplicado quando se pretende passar tubulação de ar condicionado para alguns ambientes, nivelar terraços com desnível elevado, etc.

 

  • Palcos para Eventos: uma aplicação pouco comentada, mas bastante funcional por sua agilidade de execução.

 

Aplicações para Piso Elevado em Áreas Externas

Piso Elevado Externo

  • Decks de Piscinas: essa aplicação do piso elevado é uma das mais conhecidas para áreas externas.

 

  • Passeios no pavimento térreo de edifícios: utilizando o piso elevado nessas áreas é possível proteger a impermeabilização do térreo e melhorar a drenagem das águas pluviais.

 

  • Base para Jardins: a aplicação do piso elevado para esse fim é tão divulgado, porém muito eficaz, pois cria um sistema de captação da água da chuva para irrigar os jardins.

 

Como você deve ter percebido são diversas as aplicações de piso elevado em obras/ reformas comerciais e residenciais. Caso ainda tenha dúvidas entre em contato agora mesmo com a nossa empresa para se informar melhor.

Aumente ainda mais seus conhecimentos: Manutenção do Piso Elevado

Como Funciona o Piso Elevado

Nesse artigo você irá compreender melhor como funciona o piso elevado e como é feita a sua montagem até a finalização.

Como Funciona o Piso Elevado

Antes de falar como funciona o piso elevado vamos relembrar do que se trata esse sistema. O Piso elevado é aplicado quando há a necessidade de elevar um piso a um certo nível determinado, normalmente maior que 7cm acabado.

Como Funciona o Piso Elevado

Isso é muito comum em reformas comerciais de edifícios corporativos, pois as construtoras rebaixam o nível da sua laje já prevendo que os proprietários irão colocar um piso que facilite a passagem de infra-estruturas de elétrica e redes por baixo, facilitando a adequação das salas comerciais para diversos tipos de negócios.

Para que o piso elevado funcione corretamente ele deve ser composto por: pedestais (metálicos, pvc ou a composição de ambos) e uma base (por exemplo: placa de ardósia, placa de porcelanato, placa de ardósia revestida, placa metálica, etc). O objetivo final é ter uma vão entre as placas, que estão apoiadas nos pedestais, e o contrapiso (piso cru) deixado pela construtora.

Entendendo um pouco mais como funciona o piso elevado:

Para melhorar a sua compreensão segue abaixo algumas imagens de um passo a passo para a montagem de um piso elevado de ardósia, por exemplo.

  •  Limpeza da área a ser instalado o piso, posicionamento e nivelamento dos pedestais conforme modulação da base, que normalmente é 60cm x 60cm. (Importantíssimo a utilização de nível a laser)

Posicionamento de Pedestais para Piso Elevado

Nivel a Laser para Piso Elevado

  • Colocação das placas de ardósia apoiadas nos pedestais. Inicialmente se colocam as placas inteiras e são deixados os cantos próximos as paredes, que terão recortes, para o final.

Como Funciona o Piso Elevado

  • Finalização dos serviços com os recortes para caixas de piso com as tomadas e limpeza final (importante fazer essa infraestrutura elétrica antes da instalação do piso elevado)

Caixa de Tomadas para Piso Elevado

Ainda na dúvida de como funciona o piso elevado? Entre em contato com a Alves Andrade Construtora agora mesmo que nossos vendedores podem lhe explicar melhor como usar esse sistema na sua reforma comercial.

Além disso, não deixe de conhecer quais as Principais Aplicações para o Piso Elevado